Fernanda Young, eu e nossos desamores

Dia desses folheando uma revista velha aqui em casa, pra ser bem exata uma Claudia de dezembro de 2005 me deparei com uma entrevista da Fernanda Young. Escritora e roteirista que admiro muito. Em um dos trechos da entrevista ela dizia que já adulta, casada e mãe de gêmeas ainda sofria muito com os seus antigos amores, e que muitos desses antigos casos ainda eram inspirações para os seus textos, crônicas e livro que ela estava lançando na época.

A reportagem foi um alívio pra minha alma. Sempre me achei um E.T. por  ainda sofrer por amores antigos. Não falo no sofrer no sentido de ainda chorar, sentir saudades. Me refiro a arrependimentos, no que poderia ter sido. Não que eu gostaria de reviver todos os meus amores, de voltar com cada um deles. Muito pelo contrário e longe disso.Mas me lembro com certa nostalgia cada um desses momentos.

É inevitável não lembrar com certas saudades de momentos especiais que passei. Após ter superado o fim de cada um dos meus relacionamentos procuro esquecer o que de ruim se passou, o quão dolorido foi o fim de cada um deles. Até porquê não é bom guardar mágoas, rancores.

Como quase tudo na vida alguns relacionamentos, sejam eles de amor, de amizade ou de trabalho tem um prazo de validade. Por mais gostoso ou doloroso que tenha sido toda vez que começamos algum novo ciclo na vida esperamos pelo dia em que aquilo acabe. Lógico que cada um de nós faz com que essa data de validade tente ser o mais longe possível. Nos desdobramos ao máximo para que  isso nunca chegue ao fim. Mas na maioria das vezes não a muito o que se fazer: o fim chega.

E isso se repete num ciclo sem fim (musiquinha do Rei Leão ao fundo.. hahaha só pra dar uma descontraída). A cada amor um dissabor.

Não consigo ouvir certas musicas e não me lembrar de cada um deles. É simplesmente incontrolável. E junto com a música vêm as lembranças, o cheiro, o gosto do beijo.

Fernanda Young me entenderia.

Anúncios

Uma opinião sobre “Fernanda Young, eu e nossos desamores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s